domingo, 1 de dezembro de 2013

poemablue ou bluespoema

não sou mãe, mas acho que o sentimento de alegria e perplexidade de ver um poema virar canção, deve ser parecido com ver um(a) filho(a) que se arruma e se perfuma com roupas e cheiros diferentes dos que você conhece ou já deu pra ele(a), e sai pra uma festa. 

mas diferente da festa que o(a) filho(a) vai, essa festa do poema vestido de música, não tem fim! 

 
poema "de se perder" (pra lê-lo pode clicar AQUI) musicado por Isadora Andrade e Natália Bugarin. 

Voz - Isadora Andrade; Violão de aço e Baixo - Natália Bugarin; Piano - André Nicolau; Bateria - Thiago Castellano 


e pra ouvir o EP todo da navelouca (que tem produção musical de André Nicolau), pode clicar AQUI

Um comentário:

José Carlos disse...

Caramba! Muito bom!