segunda-feira, 16 de agosto de 2010

dentro


se quero me ver
não vou ao espelho.
não há ali,
além de coisa contida,
minha imagem invertida.


ilustração_silvana rezende

4 comentários:

Por que você faz poema? disse...

Belo poema: reflexivo, filosófico, musical.

Edu O. disse...

Eita q esse foi demais!

Gerana Damulakis disse...

Excelente,K!

Nilson disse...

Poesia diante do espelho: bela bela!!!