domingo, 10 de maio de 2009

do invisível


no céu dessa tarde quente,
estrelas existem. presente.
ninguém vê.

no fundo do meu peito quente,
amor existe. presente.
ninguém vê.


6 comentários:

Anônimo disse...

eu vejo menina amada!
beijos............ tua Mãe

Marlon Marcos disse...

Meu poema mais que amado. Esse lindo que me dói...Beijos na construtora...

ediney disse...

poema para ganhar música feita por João Ricardo-Secos e Molhados

Non je ne regrette rien: Ediney Santana disse...

Olá vio que vc tem um livro, vamos fazer uma troca eu mando o meu de poemas e vc me manda o seu. Se vc quiser é só mandar teu endereço que mando o livro, quando vc receber vc manda o seu.
se quiser mande seu endereço para
ediney-santana@bol.com.br

karina rabinovitz disse...

pois é... o poema conselho já virou música!
este também tá louco pra casar com umas notas musicais...

vamos trocar os livros sim, Ediney!

Anônimo disse...

It's is the reason I come here: a kind of love without direction. It is where it is, it is what it is.
Beijos, vizinha.
Milena